quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Atravessa a Vida | CRÍTICA



Não há ano mais turbulento para um adolescente do que o 3º ano do Ensino Médio. A euforia do ser no início do auge de sua vida, ávido em querer ter o máximo de experiências possíveis, em paralelo com a decisão de que caminho seguir na faculdade e daí para o restante da vida adulta. Olhando para trás, chega a ser um alívio pensar que essa fase penosa já se foi, o que não quer dizer que não seja interessante acompanhar professores e alunos sergipanos nessa exaustiva rotina que rege o documentário Atravessa a Vida.

Dirigido por João Jardim (Getúlio, Lixo Extraordinário) e integrante da Competição de Longas e Médias-metragens do 25º festival É Tudo Verdade, o documentário passa boa parte do tempo observando as atividades diurnas a noturnas sediadas num colégio da cidade de Simão Dias com os ânimos exaltados. Entre dinâmicas feitas pelos professores para explorar os pensamentos dos estudantes e detalhar o que pretendem cursar tendo em mente seu desempenho no Enem, alunas e alunos pouco a pouco demonstram clareza ou insegurança nessa parte, bem como começam a ceder depoimentos para a câmera. A partir daí, notamos a variedade de instruções que os alunos trazem consigo desde seu ambiente familiar e, no conforto do abraço da diretora a uma aluna, notamos como isso tende a dificultar (ou, num raro caso, em que um garoto confessa não querer ser igual ao pai) essa etapa para os adolescentes.

(Copacabana Filmes/Reprodução)


Atravessa a Vida
é também um registro sobre a atualidade na educação pública brasileira. Mais que um retrato da diversidade de docentes e discentes, o que rende bons trechos de aulas expostos aqui (sobretudo as de Filosofia e História), é também uma exposição de hábitos errôneos que se tornaram parte da rotina escolar, principalmente no período noturno. De professores que faltam sem mais justificativas, o comportamento dispersivo dos alunos chega a ser fatigante: muitos chegam quase meia hora atrasados para a aula para se sentar e se concentrar nas notificações em seus celulares; outros, procuram tomadas para recarregarem seus aparelhos antes de tudo. Cenas que, tendo sido professor, não esperava rever tão cedo.

Documentário da Copacabana Filmes feito em parceria com o canal Globo News, o que acarreta num formato de montagem mais engessada e formalista, Atravesa a Vida é, como o excerto da aula sobre a escolástica de Santo Agostinho, uma síntese sobre as memórias e esperanças inigualáveis de um adolescente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário