sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Responsabilidade empresarial | CRÍTICA


Responsabilidade empresarial (2020) é um filme documentário soturno e, na esteira de sua proposta estética minimalista, incômodo e necessário. Projetado na mostra Outros Olhares do 9º Olhar de Cinema, o filme do cineasta argentino Jonathan Perel se aproveita dos estudos acadêmicos realizados por instituições renomadas, por exemplo, a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), para expor a partir de um documento público a relação de poder entre os interesses econômicos e militares e que, por conta disso, invocam a necessidade em se atribuir responsabilidades ao empresariado local no que diz respeito aos crimes do período da ditadura argentina (1976-1983).

Embora compartilhe com os espectadores a leitura de trechos do livro "Responsabilidad empresarial en delitos de lesa humanidad. Represión a trabajadores durante el terrorismo de estado" (2015), Perel, ao realizar todas as filmagens dentro de seu carro ao cair da tarde produz sensações pertinentes ao tema que escolheu desenvolver. Com a câmera parada, a primeira das sensações é que seu tema investigativo requer cuidado, o mesmo cuidado que detetives tomam quando contratados para revelar grandes segredos de pessoas e/ou instituições importantes: as elites do poder, como salientou Charles Wright Mills. Afinal, a estatização de dívidas de muitas dessas empresas, assim como a sua capacidade de operacionalização lucrativa com quadros de funcionários reduzidos, são opções narrativas suficientes para o entendimento do lucrativo esquema. 

(Reprodução)

A segunda sensação se adquire a partir de sua fotografia dessaturada e que se constitui também fundamental na construção do seu discurso, pois ao enquadrar um cenário fabril de modo estático, amplia as memórias tristes do período. O enquadramento dessa memória é a sua mise-en-scène e, consequentemente, deixa sua narrativa coesa.

Há muitos filmes que exploram esse tema, mas poucos com essa sensibilidade, o filme de Jonathan Perel será exibido novamente no dia 12 de outubro.




Nenhum comentário:

Postar um comentário