terça-feira, 24 de abril de 2018

Podres de Ricos | Assista ao trailer da comédia


A Warner Bros. Pictures divulgou os primeiros materiais da nova comédia romântica Podres de Ricos. O trailer mostra os primeiros detalhes da história e da milionária família de Nick Young, interpretado por Henry Golding.

Jon M. Chu (Truque de Mestre: O 2º Ato) dirige a contemporânea comédia romântica baseada no aclamado best-seller "Asiáticos Podres de Ricos", de Kevin Kwan.

domingo, 22 de abril de 2018

2001: Uma Odisseia No Espaço | Assista ao trailer comemorativo


Limiar da ficção científica no cinema, 2001: Uma Odisseia No Espaço completa 50 anos de lançamento em 2018 e, aparentemente, a Warner Bros. Pictures pretende celebrar relançando o clássico espacial de Stanley Kubrick em cinemas selecionados com projeção de película em 70mm.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Jurassic World: Reino Ameaçado | Assista ao trailer final


Nostalgia, ação e aventura são os destaques do último trailer de Jurassic World: Reino Ameaçado (Jurassic World: Fallen Kingdom), lançado mundialmente nesta quarta (18) pela Universal Pictures

Baseado no icônico Jurassic Park, de Steven Spielberg, que completa 25 anos em 2018, Jurassic World: Reino Ameaçado resgata o clima de uma das franquias mais populares e queridas do cinema. Agora, com Chris Pratt e Bryce Dallas Howard como protagonistas, o filme traz de volta o personagem Dr. Ian Malcolm, de Jeff Goldblum.

Submersão | CRÍTICA


Tal como o seu conterrâneo Werner Herzog, o alemão Wim Wenders fez do cinema uma janela para o mundo, mas jamais se conteve com a limitação de seu parapeito. Com uma carreira que soma mais de 50 anos de realizações de narrativas ficcionais (Paris, Texas; Asas do Desejo) e documentais (Pina; O Sal da Terra), Wenders atreveu-se a todos os tipos de indagações de temas resultantes em imagens pra lá de impressionantes na tela, levando o diretor não só a explorar tecnologias (chegando a rodar três filmes em 3D) como a conhecer todos os cantos possíveis da Terra. Inspirando-se no romance escrito por J.M. Legard, Wenders faz de Submersão (Submergence) um filme de polissemia para os limites da vida.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Baseado em Fatos Reais | CRÍTICA


Já são vários os filmes que retratam os infames bloqueios criativos sofridos por escritores ou artistas com seus sintomas pra lá de delirantes e consequências até severas, mas quando se trata de Roman Polanski na direção, a tendência é que a narrativa seja bem mais intensa do que de costume. No alto de seus 84 anos, o diretor franco-polonês soma um histórico de polêmicas envolvendo sua vida particular da mesma forma que é dono de uma leva de longas-metragens cujo impacto e reverência não diminuíram com o passar do tempo; pelo contrário, demonstram um rico simbolismo que anda em falta no cinemão atual.


Rampage: Destruição Total | CRÍTICA


Estremecendo as fundações do que é verossímil, o diretor Brad Peyton fez de Terremoto: A Falha de San Andreas o maior sucesso da Warner nos cinemas em 2015, aliado com o grande carisma de Dwayne Johnson e sua grande competência com cenas de ação. Assumidamente exagerado, o filme-catástrofe era uma síntese de tudo o que o grande público entende como entretenimento: além da proposta de se experimentar uma situação calamitosa como tanto gosta, a trama descompromissada sobreposta por sequências chamativas por sua escala e efeitos não se esquecia de transmitir um bom humor e um apelo familiar com seu elenco bem escolhido. Fato que não seria diferente no caso de Rampage: Destruição Total, que faz questão de reiterar seu subtítulo brasileiro durante toda a sua projeção.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...