domingo, 22 de abril de 2018

2001: Uma Odisseia No Espaço | Assista ao trailer comemorativo


Limiar da ficção científica no cinema, 2001: Uma Odisseia No Espaço completa 50 anos de lançamento em 2018 e, aparentemente, a Warner Bros. Pictures pretende celebrar relançando o clássico espacial de Stanley Kubrick em cinemas selecionados com projeção de película em 70mm.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Jurassic World: Reino Ameaçado | Assista ao trailer final


Nostalgia, ação e aventura são os destaques do último trailer de Jurassic World: Reino Ameaçado (Jurassic World: Fallen Kingdom), lançado mundialmente nesta quarta (18) pela Universal Pictures

Baseado no icônico Jurassic Park, de Steven Spielberg, que completa 25 anos em 2018, Jurassic World: Reino Ameaçado resgata o clima de uma das franquias mais populares e queridas do cinema. Agora, com Chris Pratt e Bryce Dallas Howard como protagonistas, o filme traz de volta o personagem Dr. Ian Malcolm, de Jeff Goldblum.

Submersão | CRÍTICA


Tal como o seu conterrâneo Werner Herzog, o alemão Wim Wenders fez do cinema uma janela para o mundo, mas jamais se conteve com a limitação de seu parapeito. Com uma carreira que soma mais de 50 anos de realizações de narrativas ficcionais (Paris, Texas; Asas do Desejo) e documentais (Pina; O Sal da Terra), Wenders atreveu-se a todos os tipos de indagações de temas resultantes em imagens pra lá de impressionantes na tela, levando o diretor não só a explorar tecnologias (chegando a rodar três filmes em 3D) como a conhecer todos os cantos possíveis da Terra. Inspirando-se no romance escrito por J.M. Legard, Wenders faz de Submersão (Submergence) um filme de polissemia para os limites da vida.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Baseado em Fatos Reais | CRÍTICA


Já são vários os filmes que retratam os infames bloqueios criativos sofridos por escritores ou artistas com seus sintomas pra lá de delirantes e consequências até severas, mas quando se trata de Roman Polanski na direção, a tendência é que a narrativa seja bem mais intensa do que de costume. No alto de seus 84 anos, o diretor franco-polonês soma um histórico de polêmicas envolvendo sua vida particular da mesma forma que é dono de uma leva de longas-metragens cujo impacto e reverência não diminuíram com o passar do tempo; pelo contrário, demonstram um rico simbolismo que anda em falta no cinemão atual.


Rampage: Destruição Total | CRÍTICA


Estremecendo as fundações do que é verossímil, o diretor Brad Peyton fez de Terremoto: A Falha de San Andreas o maior sucesso da Warner nos cinemas em 2015, aliado com o grande carisma de Dwayne Johnson e sua grande competência com cenas de ação. Assumidamente exagerado, o filme-catástrofe era uma síntese de tudo o que o grande público entende como entretenimento: além da proposta de se experimentar uma situação calamitosa como tanto gosta, a trama descompromissada sobreposta por sequências chamativas por sua escala e efeitos não se esquecia de transmitir um bom humor e um apelo familiar com seu elenco bem escolhido. Fato que não seria diferente no caso de Rampage: Destruição Total, que faz questão de reiterar seu subtítulo brasileiro durante toda a sua projeção.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Megatubarão | Assista ao trailer do filme


A Warner Bros. Pictures divulgou o primeiro trailer do thriller de ficção científica Megatubarão. O vídeo traz cenas cheias de emoção e adiantam o clima de tensão do longa.

Dirigido por Jon Turteltaub (A Lenda do Tesouro), o filme é estrelado pelo ator Jason Statham (A Espião que Sabia de Menos, Velozes & Furiosos 8) e pela premiada atriz chinesa Li Bingbing (Transformers: A Era da Extinção, O Reino Proibido, A Mensagem).


Severina | CRÍTICA


Já faz alguns anos desde que o escritor e dramaturgo Felipe Hirsch se lançou no cinema dirigindo o longa Insolação ao lado da diretora Daniela Thomas e com nomes consagrados da atuação como Paulo José e Simone Spoladore resultando em uma obra deveras poética – um fato que, por vezes, só o palco parece capaz de expressar. Aliado com o produtor Rodrigo Teixeira (Me Chame Pelo Seu Nome), com Severina, Hirsch adapta o romance homônimo do guatemalteco Rodrigo Rey Rosa no ímpeto de transpor para a tela todo o charme do mundo livreiro que, independente de nações, está longe de perder o que lhe é efusivo.

domingo, 8 de abril de 2018

Han Solo: Uma História Star Wars | Assista ao trailer final


A Lucasfilm divulgou na noite de domingo (8) o trailer final de Han Solo: Uma História Star Wars contendo mais e novas imagens empolgantes enquanto explora a dinâmica dos personagens principais.

A Primeira Noite de Crime | Assista ao primeiro trailer


Na última sexta-feira (6), a Universal Pictures divulgou o primeiro cartaz e trailer de A Primeira Noite de Crime (The First Purge). O filme é estrelado por Y’Lan Noel, Lex Scott Davis, Joivan Wade, Luna Lauren Velez (série Dexter) e Marisa Tomei (Homem-Aranha: De Volta Ao Lar, O Lutador).

Johnny English 3.0 | Assista ao primeiro trailer da comédia


Esta semana, a Universal Pictures divulgou o primeiro trailer de Johnny English 3.0, com o título original Johnny English Strikes Again. Dirigido por David Kerr, o filme é estrelado por Rowan Atkinson, Ben Miller, Olga Kurylenko, Emma Thompson e Jake Lacy.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Um Lugar Silencioso | CRÍTICA


John Krasinski parecia um nome incomum para dirigir um filme de gênero levando em consideração sua vasta experiência como ator de comédia em produções na TV e no cinema, mas acabou que, com o argumento da dupla Bryan Woods e Scott Beck em mãos, Um Lugar Silencioso foi seu ponto de ignição para se lançar na realização de um longa de terror pós-apocalíptico, afora suas outras tentativas como diretor de comédias de repercussão tímida. Seguindo corretamente as regras do suspense, Krasinski promove aqui um filme eficiente em sua proposta, além de expressar que proteger e amar a família é um exercício que dispensa verbalizações.

sábado, 31 de março de 2018

Jogador Nº1 | CRÍTICA


Desde seu lançamento literário em 2011, Jogador Nº1 já se configurava como um grande e ambicioso crossover de tudo aquilo que a cultura pop havia produzido de mais icônico a partir da década de 1970, seja na música, na literatura, no cinema e até mesmo nos games de pouquíssimos bits – ou, pelo menos, refletindo muito do gosto particular de seu autor, Ernest Cline. Situado no ano de 2045, boa parte da sociedade de Columbus, Ohio, encontra-se em condições deploráveis a ponto de morar em trailers amontoados em pilhas verticais em zonas marginalizadas da cidade, mas as pessoas pouco parecem se preocupar com seus problemas sociais tendo em vista que a OASIS, uma ultra imersiva plataforma de realidade virtual, supre todas as suas necessidades imagináveis. Estabelecendo um plano de fundo bastante crível e reflexivo (que hoje se intensifica dada a popularização dos smartphones – com suas tantas notificações distrativas – e os headsets de VR), a narrativa assinada por Cline conquistou milhares de leitores ao redor do globo justamente por sua proposta mista de aventura e ficção científica que, entre tantas referências mantidas em caracteres, também se figurava como um delicioso resgate cultural para, enfim, redescobrir e compartilhar com os recém-aficionados tudo aquilo que fora uma grande diversão para as gerações passadas.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Jogador Nº1 | Ouça a trilha sonora do filme


A Warner Bros. Pictures divulgou a música-tema e a trilha sonora de Jogador Nº1, composta pelo premiado Alan Silvestri (filmes De Volta para o Futuro, Forrest Gump - O Contador de Histórias e responsável pelo tema de Vingadores).

Segundo o diretor Steven Spielberg, “embora todos os tipos de referências culturalmente icônicas preencham o filme, a música que Alan Silvestri compôs é completamente original. Ela contém vários temas que identificam enredo e personagem e é preenchida por adrenalina que fazem Jogador Nº1 parecer voar. Eu acho a música fantástica”.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Madame | CRÍTICA


A julgar por sua premissa, Madame teria tudo para ser mais uma comédia romântica daquelas típicas de "princesa por um dia", no entanto, o filme dirigido por Amanda Sthers cujo roteiro leva a assinatura da diretora francesa e do veterano Matthew Robbins (A Colina Escarlate, O Dragão e O Feiticeiro) almeja ser mais do que uma narrativa nos moldes de Cinderela. Ao entregar séries de momentos divertidos como se espera do gênero, a produção francesa é sagaz em sua crítica às fúteis etiquetas da elite que sempre terá Paris para se encontrar e esbanjar.

terça-feira, 27 de março de 2018

Sicario: Dia Do Soldado | Assista ao trailer da continuação


A Sony Pictures divulgou o trailer oficial de “Sicário: Dia Do Soldado, continuação do longa Sicário: Terra de Ninguém (de 2015, estrelando Emily Blunt, Josh Brolin, Benicio Del Toro). O filme tem direção do italiano Stefano Sollima.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Com Amor, Simon | CRÍTICA


Filmes como o curta-metragem In a Heartbeat e o nacional Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (muito que impulsionado pelo seu curta original) provaram que não há nada de mal e promíscuo em contar uma história de primeiro amor entre jovens do mesmo sexo, tornando-se um meio de incentivo para a auto-aceitação e a compreensão (sobretudo familiar) que ainda estão longe de atingir um patamar ideal quando se trata de respeito. Enquanto incomodados dizem que é coisa de "militância" que quer acabar com a "família tradicional", produções afora ganham prêmios e até mesmo Oscars por seus devidos méritos, tratando tal diversidade com honestidade ao contrário de investir em figuras estereotipadas de mau gosto que ainda se vê por aí. Assim, embora Com Amor, Simon faça sua estreia neste cenário bastante propício para a temática, sua proposta está mais inclinada para um típico teen movie do que um autêntico representante do cinema queer.

quinta-feira, 22 de março de 2018

Círculo de Fogo: A Revolta | CRÍTICA


Em 2013, o diretor Guillermo del Toro lançava Círculo de Fogo nos cinemas frisando sua ode aos tokusatsu japoneses trazendo muito estilo às clássicas batalhas de robôs contra monstros gigantes que, nos velhos e modestos seriados da TV, beiravam ao cúmulo do tosco por mais divertidas que fossem para a garotada da época. Com narrativa sucinta e momentos emblemáticos de sobra, o filme conquistou nerds aficionados (que apontavam várias semelhanças com animes similares) e a crítica nostálgica com um entretenimento facilmente mais inteligente que a franquia Transformers, porém longe de garantir uma arrecadação expressiva, dando indícios de que o "cancelamento do apocalipse" era feito mesmo pela parcela do público crente de que histórias de monstros e robôs já não tinham graça no início do terceiro milênio.

sexta-feira, 16 de março de 2018

Vingadores: Guerra Infinita | Assista ao trailer final


Pouco mais de um mês próximo de seu lançamento mundial antecipado, a Marvel revelou ao público o último trailer de Vingadores: Guerra Infinita.

quinta-feira, 15 de março de 2018

Tomb Raider: A Origem | CRÍTICA


Passados exatos cinco anos desde seu retorno triunfal aos games com o reboot lançado pela Square Enix, milhares de fãs conheceram no novo Tomb Raider uma nova versão da famosa arqueóloga Lara Croft ou, para muitos, uma das grandes musas dos jogos eletrônicos desde a década de noventa. Aparentemente inspirado no sucesso da série Uncharted em paralelo com o seguimento de Hollywood em fabular origens de heróis em reinícios de franquias de filmes, o estúdio Crystal Dynamics investiu em uma narrativa mais humana ao lado de uma jogabilidade fascinante que colocava a rejuvenescida Lara em uma série de perigos que, pouco a pouco, faziam-na perder sua inocência onde tentar sobreviver em uma ilha inóspita falava mais alto.

terça-feira, 13 de março de 2018

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald | Assista ao primeiro trailer


A Warner Bros. Pictures divulgou nesta terça-feira (13) o primeiro trailer de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, a segunda das cinco novas aventuras do Mundo Bruxo de J.K. Rowling. O trailer mostra pela primeira vez Alvo Dumbledore, interpretado por Jude Law, além da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts e muitos outros detalhes.

Lançamentos do Streaming: Filme de ação coreano e mais 3 títulos inéditos no Brasil


Filmes dos mais diferentes gêneros chegam às plataformas de streaming no dia 15 de março. A seleção da semana traz com destaque A Vilã, distribuído pela Paris Filmes no final de 2017, além de documentário e um drama de temática LGBTQ.

Confira na sequência.


Maria Madalena | CRÍTICA


Filmes bíblicos sempre estiveram lado a lado com a História do Cinema, ainda mais quando produções religiosas do início do século XX foram os precursores do que hoje entendemos o épico como um gênero e que ainda se mostram como um segmento com forte apelo de público. Entre dezenas de produções dedicadas a contar didática e moralmente quase todas as passagens das "Sagradas Escrituras" com locações, figurinos e adereços verossímeis, houve também casos de pares de cineastas de renome dedicarem sua estética e pensamento na revisão dos acontecimentos bíblicos, culminando em obras alegóricas (o recente mãe!, de Darren Aronofsky) ou ainda outras que não economizaram no sadismo (Mel Gibson e seu A Paixão de Cristo), provando aí que a releitura cinematográfica dos evangelhos não perde a sua atratividade acima de quaisquer polêmicas.


sábado, 10 de março de 2018

O Grinch | Assista ao primeiro trailer da animação


O carnaval já passou, daqui a pouco tem Copa do Mundo e... Natal! E o Grinch está super feliz com isso, #SQN. Em lançamento mundial, a Universal Pictures divulgou na quinta-feira (8) o primeiro trailer da animação O Grinch (The Grinch), 18 anos após o filme estrelado por Jim Carrey e dirigido por Ron Howard.

quinta-feira, 8 de março de 2018

O Passageiro | CRÍTICA


Outrora designado a representar os mais variados tipos de mentor em franquias bastante conhecidas do público, Liam Neeson viu sua carreira tomar uma nova e surpreendente guinada como protagonista de filmes de ação que não economizam em violência, rendendo aí uma trilogia para o sucesso Busca Implacável e outros títulos similares, como Sem Escalas Noite Sem Fim, ambos dirigidos por Jaume Collet-Serra (também de A Órfã e Águas Rasas). No final de 2017, veio um anúncio que colocou seus apreciadores em leve tristeza: Neeson sugeria uma aposentadoria desses filmes de pancadaria, mas tão logo voltou atrás (tal como Jackie Chan fizera o mesmo) dizendo que fora um mal entendido, sem deixar de destacar sua disposição nada hesitante em seguir atuando em tais produções. Agora, na quarta colaboração com o diretor catalão, prova porque o ator irlandês ainda é uma força carismática e competente para o gênero de ação.

quarta-feira, 7 de março de 2018

Os Farofeiros | CRÍTICA


Existe um senso-comum entre os brasileiros de que o final de ano precisa ser uma época de total relaxamento a fim de se bem dispor para outros doze meses por vir e suas chances de serem bons ou ruins (variando em suas intensidades) e que o cenário ideal para tal descanso nada mais é do que ir pra praia e tomar merecidos banhos de sol e de mar, além daquela cervejinha gelada debaixo do guarda-sol. Porém, entre a pressa de arranjar as cerimônias e tudo o mais que acontece em dezembro, algumas coisas são resolvidas de última hora e muitas vezes sem mesmo checar suas devidas procedências, o que faz Os Farofeiros do novo filme de Roberto Santucci entrar em várias roubadas enquanto pretende divertir seu público à beça.

Verdade ou Desafio | Assista ao trailer do novo thriller da Blumhouse


A Universal Pictures traz para os cinemas Verdade ou Desafio (Truth or Dare) – novo filme da Blumhouse, mesma produtora de Corra!, Fragmentado e A Morte Te Dá Parabéns. Com elenco liderado por Lucy Hale (Pretty Little Liars) e Tyler Posey (Teen Wolf), a produção acaba de ganhar seu primeiro trailer. 

domingo, 4 de março de 2018

Conheça os vencedores do Oscar 2018!


A 90ª cerimônia dos Academy Awards revelou, no início de sua premiação, os favoritos que já estavam mais do que cotados a partir de suas demais vitórias em premiações anteriores. Mesmo com a sonolenta apresentação de Jimmy Kimmel, a Academia ainda sabe como emocionar os espectadores no Dolby Theater e no mundo todo com as várias apresentações e montagens com sua ode ao cinema.

Confira os ganhadores na sequência!

sábado, 3 de março de 2018

Conheça os vencedores do Film Independent Spirit Awards 2018!


Às vésperas da 90ª cerimônia do Oscar, o Film Independent Spirit Awards laureou seus vencedoras e vencedoras do cinema independente ou, mais precisamente, produzido por realizadores fora dos estúdios das majors de Hollywood.

A atriz Allison Janney provou ser dona de todas as estatuetas de Melhor Atriz Coadjuvante na temporada por Eu, Tonya, enquanto outros títulos e artistas ganham reconhecimento na 33ª edição do prêmio.

Confira os ganhadores na sequência.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Operação Red Sparrow | CRÍTICA


2017 foi um ano progressivamente positivo para o que se entende por protagonismo feminino na indústria do cinema, todavia longe da estatística esperada por aquelas pessoas que tanto batem na tecla por mudanças no cenário de Hollywood. Enquanto atrizes, diretoras, produtoras e demais profissionais artísticas clamam por mais espaço e visibilidade, roteiristas empreendem-se na construção de personagens femininas mais pró-ativas e independentes da força masculina para atingir seus objetivos (nada domésticos, diga-se de passagem) a ponto de gerar um certo "incômodo" naqueles que pressupõem que tal atitude está desmerecendo o retrato masculino em tela. Depois do êxito de Mulher-Maravilha, do empenho inesgotável da Rey de Star Wars e de toda a desenvoltura de Charlize Theron em Atômica, sem esquecer do trio de guerreiras que ofuscou o herói principal em Pantera Negra, estima-se que haja uma progressão no surgimento de novas personagens seguindo este aprazível modelo e fazer de seu sucesso um exemplo a ser seguido, seja nas telas ou nas ruas, especialmente quando se tem Jennifer Lawrence como estrela de mais uma super-produção. No entanto, o que se vê em Operação Red Sparrow vai na contra-mão de todo o atual empenho exercido na necessária e coerente representação da mulher no cinema.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Trama Fantasma | CRÍTICA


Mestre de um cinema formalista em lamentável extinção no amplo circuito, Paul Thomas Anderson é um cineasta que se preza em levar a arte e a técnica a patamares próximos da perfeição com um histórico de filmes que, de dramas intensos a comédias insanas, sempre obteve ressalvas mínimas e um apreço crescente do espectador refinado à parte de um costumeiro baixo reconhecimento nas temporadas de premiações. Tomado por um interesse pela haute couture após rodar Vício Inerente, o diretor e roteirista tece em Trama Fantasma uma incomum e sufocante história de amor cujas relações complexas só tendem a engrandecer tamanha elegância de um filme que fascina por sua ode, em amplo espectro, à moda antiga.

Lançamentos do Streaming: Candidatos europeus ao Oscar 2018 estão disponíveis


Enquanto que os maiores lançamentos dos indicados ao Oscar 2018 ainda ocupam as salas dos cinemas pelo país, é possível conferir a partir desta quinta-feira (22) três filmes que disputam os prêmios de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Documentário nas principais plataformas de streaming on demand em tempo da cerimônia a ser realizada na noite do dia 4 de março.

Pequena Grande Vida | CRÍTICA


Alexander Payne é, ou costumava ser, aquele tipo de cineasta que Hollywood adora colocar em voga por sua habilidade de contar histórias mundanas com um toque particularmente especial que, aliado a grandes atores do momento, também revela e resgata talentos ao longo de suas obras que não tardam a cativar seu público. Oscarizado duas vezes na categoria de Melhor Roteiro Adaptado por Sideways - Entre Umas E Outras e Os Descendentes, foi estranho notar a ausência do diretor no páreo da temporada de ouro desde que lançara o agradável Nebraska, ainda que tenha produzido uma ou outra coisa durante seu hiato de quatro anos interrompido agora com Pequena Grande Vida, o que, provavelmente, é seu conto mais grandioso e excêntrico até então.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Pantera Negra | CRÍTICA


Em fase de celebração por sua bem-sucedida primeira década de atividade desde que lançara Homem de Ferro nos cinemas, o Marvel Studios se tornou referência de cinema de entretenimento para o grande público aliado ao carisma de seu elenco de primeira linha e com suas histórias acessíveis que dificilmente desrespeitaram os fãs de longa data do cânone dos quadrinhos. Afora todos esses elementos contribuintes para o estabelecimento de uma fórmula de narrativa que, passados mais de quinze longas-metragens, dá sinais de saturação por se ater com inerência a uma estrutura tão parecida, este grande projeto cinematográfico capitaneado por Kevin Feige também foi audacioso em escalar ótimos atores negros para personagens originalmente caucasianos (o Nick Fury de Samuel L. Jackson, o Heimdall de Idris Elba, o Barão Mordo de Chiwetel Ejiofor, a Valquíria de Tessa Thompson) enquanto se preparava para introduzir seu primeiro protagonista negro e africano ao universo logo quando a representatividade é cada vez mais cobrada em peso na indústria – não se tratando apenas a ter mais atores e atrizes em cena, mas como diretores(as) e demais profissionais artísticos oriundos das minorias. Finalmente, após a aprovação pelos espectadores com seu teste em Capitão América: Guerra Civil, chegou a vez do Pantera Negra ter um filme para chamar de seu e, entrementes sua importância cultural, também traz novidades necessárias para o storytelling de seu estúdio. 

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Eu, Tonya | CRÍTICA


Em 1994, as Olimpíadas de Inverno receberam um tremendo alarde dos noticiários, mas por razões completamente distintas das quais estavam habituadas a receber pautas sobre seus medalhistas e recordes batidos. Tudo porque Tonya Harding, talento nato da patinação no gelo e colecionadora de várias medalhas de campeonatos afora e que tanto almejava um título olímpico, fora acusada de armar um plano que visava eliminar sua principal concorrente e conterrânea, Nancy Kerrigan, com um golpe desferido no joelho. Enquanto um acontecimento de circunstâncias bizarras e consequências questionáveis, não seria coincidência que a história de Tonya ressurgisse como um potencial material típico de um Oscar bait logo na efemeridade dos jogos de PyeongChang, ainda que encontre várias brechas para refletir sobre a população white trash americana e seus problemas de tópicos infindáveis.  

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Lady Bird - A Hora de Voar | CRÍTICA


Se uma das sínteses do cinema autoral nada mais é, em poucas e simples palavras, do que uma coletânea de características de muito cunho pessoal de seu artista recorrentes em suas narrativas fílmicas, então Lady Bird há muito o que dizer sobre sua cineasta, Greta Gerwig. Desde que estrelou e co-roteirizou o descolado Frances Ha, a talentosa atriz foi ganhando apreço no circuito alternativo com títulos igualmente elogiados pela crítica até que, por fim, encontrou o espaço e a ocasião ideais para contar uma narrativa semi-biográfica que, embora contenha diversas semelhanças com o que já fora visto no que concerne os teen movies, não deixa de ser encantadora e carismática dada a honestidade que Gerwig emprega em sua bem-vinda estreia como diretora.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Maria Madalena | Novo trailer mostra uma mulher à frente do seu tempo


A Universal Pictures divulgou hoje, em lançamento mundial, o mais novo trailer do drama Maria Madalena (Mary Magdalene), longa que traz Rooney Mara no papel-título, e apresenta a jornada de uma das figuras mais enigmáticas e incompreendidas da história. 

Três Anúncios Para Um Crime | CRÍTICA


É compreensível que a impunidade continue a gerar tanta revolta na sociedade atual a julgar pelos constantes casos de corrupção e crimes fatais tratados com pouco caso por um sistema judiciário estagnado, vide seus julgamentos parciais ou ainda por seus excessos de regalias que o tornaram um tanto quanto acomodado. Das manifestações populares de motes coléricos que cobram punições imediatas e, a partir daí, elegem supostos líderes que prometem o que o povo tanto quer sem ter consciência do peso do próprio discurso e que tampouco cumpram sua cota de honestidade no dia-a-dia, ainda há uma pequena parcela que busca fazer justiça com as próprias mãos e, mesmo com tamanha coragem perante consequências inestimáveis, apenas querem fazer a diferença ou cortar o mal pela raiz. 

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Venom | Cartaz e primeiro trailer de personagem derivado de Homem-Aranha são revelados


Após os bons resultados de Homem-Aranha: De Volta Ao Lar, o ano promete ser promissor para os fãs do Teioso. Além da animação Homem-Aranha no Aranhaverso focando no personagem Miles Morales, a Sony Pictures finalmente divulgou o primeiro trailer e o pôster de Venom, um dos mais enigmáticos e complexos vilões das HQs que chegará às telas interpretado pelo ator Tom Hardy, de DunkirkMad Max: Estrada da Fúria.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

O Insulto | CRÍTICA


Na maioria das vezes, seja na Internet, no Brasil ou no Líbano, tudo começa com um mal entendido. Numa Beirute contemporânea e em visível crescimento em contraste com a destruída Síria e a conturbada Palestina, vivem Toni Hanna (Adel Karam) e sua esposa Shirine (Rita Hayek), moradores de um prédio localizado em um bairro de população majoritariamente cristã onde ele possui uma oficina mecânica e pretendem criar sua filha, próxima de nascer. De gênio forte, Toni é também membro do partido cristão e ouvinte ávido dos discursos de Bachir Gemayel (presidente do país eleito e assassinado em 1982) a ponto de levar as palavras deste a extremos, especialmente quando Yasser Salameh (Kamel El Basha), um refugiado muçulmano trabalhando como mestre-de-obras no perímetro, decide consertar a calha da sacada do mecânico que, por sua vez, toma o ato como uma invasão de privacidade. 

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Han Solo: Uma História Star Wars | Assista ao primeiro trailer


Depois de demissões de diretores, rumores negativos, mistérios e tudo o mais, a Lucasfilm enfim divulgou o primeiro trailer de Han Solo: Uma História Star Wars após sua empolgante prévia nos comerciais do Super Bowl LII.

Arranha-Céu: Coragem Sem Limite | Assista ao trailer do novo filme com Dwayne Johnson


A Universal Pictures divulgou em lançamento mundial, o primeiro trailer de Arranha-Céu: Coragem sem Limite (Skyscraper), novo filme de Dwayne Johnson

Missão: Impossível - Efeito Fallout | Assista ao primeiro trailer


Missão: Impossível - Efeito Fallout (Mission: Impossible - Fallout) ganhou o seu primeiro trailer durante o Super Bowl 2018. O longa é produzido por Tom Cruise – protagonista da franquia –, Jake Myers, J.J. Abrams e Christopher McQuarrie, que também assina o roteiro e direção da produção.

The Cloverfield Paradox | CRÍTICA


Há dez anos, pouco se sabia o contexto por trás de Cloverfield - Monstro, dirigido por Matt Reeves e com produção de J.J. Abrams, apresentando uma Nova York sitiada por criaturas imprescindíveis, deixando um rastro de destruição registrado sob o filtro de uma câmera amadora que, até então, estava dedicada a meras filmagens de reuniões de amigos. Enquanto um exercício experimental de linguagem, há quem ainda ame ou despreze o projeto que, em 2016, trouxe em Rua Cloverfield, 10 uma continuação que, com sua trama mais próxima de um thriller psicológico, convidava o espectador a confabular sobre todo aquele universo que anunciava sua expansão, sem tardar em anunciar que seu terceiro filme tomaria o caso do acelerador de partículas como mote. O que antes fora intitulado de God's Particle, este The Cloverfield Paradox complementa e interliga seu universo ao passo em que apresenta uma boa ficção científica espacial.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

A Forma da Água | CRÍTICA


Guillermo del Toro é daqueles raros tipos de cineastas que jamais se abdicaram de suas paixões para realizar bons filmes e que, por isso, se torna cada vez mais admirado justamente pela projeção de universos tão ricos em seus aspectos artísticos que, além da predileção a efeitos práticos com um toque mais artesanal, tem como aliado um competente suporte técnico sempre a favor da narrativa – tanto é que muitos até hoje não hesitariam em pagar para ver o que o diretor mexicano faria com O Hobbit. Tamanho apreço pelo cinema a ponto de se ver a todo o tempo confabulando sobre novos projetos (embora esteja longe de tê-los realizado em maioria), del Toro volta-se novamente para os seus estimados filmes de monstros a fim de tocá-los com uma nova roupagem e, subvertendo estereótipos, faz de A Forma da Água uma obra sensível e madura sem deixar de declarar seu amor pelo cinema que o trouxe até aqui e o seu respeito por todos aqueles vistos como peculiares que fazem deste mundo algo especial.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

The Post - A Guerra Secreta | CRÍTICA


Não é de hoje que o jornalismo impresso anda a duras penas em suas discutíveis tentativas de se adaptar a novas tendências – e sobram exemplos de tradicionais jornais da praça e ao redor do globo que se viram reduzindo caracteres, expandindo anúncios coloridos e, daí para pior, demitindo redatores e fechando galpões de prensas – da mesma forma que ataques truculentos de políticos contra a liberdade de expressão não são novidades desta década, seja aqui ou lá fora. Aparentemente em contínuo entusiasmo com seu êxito pelo oscarizado Spotlight: Segredos Revelados e ciente dos ininterruptos rebuliços de Donald Trump com a mídia, o co-roteirista Josh Singer e sua parceira Liz Hannah entregam nas mãos de ninguém menos que Steven Spielberg uma história verídica que, embora situada há quase cinquenta anos, não poderia ser mais necessária por seu eco com a atualidade.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Círculo de Fogo: A Revolta | Assista ao novo trailer


Este ano, só os maiores vão sobreviver. E a Universal Pictures traz para os cinemas a sequência Círculo de Fogo: A Revolta (Pacific Rim: Uprising), segundo capítulo da aventura assinada por Guillermo Del Toro.

Maze Runner: A Cura Mortal | CRÍTICA


Do Labirinto da Clareira para um Deserto igualmente repleto de perigos, revelações e até mesmo traições, os dois filmes da série Maze Runner conseguiram promover um bom entretenimento a partir dos livros escritos por James Dashner que, embora envoltos de um universo muito do genérico, ao menos se atrelavam ao espírito de amizade em meio a atemporal e chamativa estética distópica do que no investimento de claudicantes triângulos amorosos, como fizeram Jogos Vorazes e Divergente dada a influência (in)direta da saga Crepúsculo e a tentativa de conquistar o lucrativo mercado do gênero infanto-juvenil após Harry Potter. Desfecho de uma série que esteve longe de ser um fenômeno literário tal como seus contemporâneos, Maze Runner: A Cura Mortal surge como um filme que mantém a qualidade plausível de seus antecessores com um pacote de sequências de ação empolgantes, da mesma forma que ainda repete suas ressalvas.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Conheça os indicados ao Oscar 2018


Na manhã desta terça-feira (23), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou os filmes e artistas indicados para a 90ª edição do Oscar. O anúncio, apresentado por Andy Serkis e Tiffany Haddish, enumera A Forma da Água com 13 indicações, seguido de Dunkirk com 8 e Três Anúncios Para Um Crime em 7 categorias, levando em conta a diversidade de seus candidatos(as).

Confira na sequência!

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Ennio Morricone ganha mostra inédita com exibição de 22 filmes em São Paulo


As composições do maestro italiano Ennio Morricone fazem parte da trilha sonora de mais de 500 filmes e, principalmente, da vida de muita gente. Seu trabalho se confunde com a história do cinema mundial, com arranjos que ganharam fama nos aclamados filmes de faroeste italiano – Spaghetti western –, passando por longas policiais, dramas românticos, filmes de terror, de máfia e de época. No ano em que Morricone completa 90 anos, o Centro Cultural Banco do Brasil presta uma homenagem ao maestro e compositor com uma mostra dedicada ao seu trabalho. SONORA: ENNIO MORRICONE exibirá 22 filmes de gêneros e diretores diferentes, mas com algo em comum: a trilha marcante do maestro. 

domingo, 21 de janeiro de 2018

Me Chame Pelo Seu Nome | CRÍTICA


Ter uma experiência imersiva no cinema atualmente virou sinônimo de uma sessão embalada com telas maiores, projeção 3D, sistemas de som multicanais e/ou com quaisquer outros aparatos tecnológicos a fim de estimular o espectador a pagar um ingresso justamente para se ter o máximo de sensações propostas pelos filmes exibidos que, apesar desses tantos e encarecidos atrativos, acabam se esquecendo do que lhes deveria ser o primordial. Exceção a tal padrão mercadológico, Me Chame Pelo Seu Nome é um ótimo exemplo de como uma narrativa bem lapidada pode ser tão envolvente a partir de seu profundo exercício de empatia e de sua ambientação idílica que convergem em um completo resgate de uma época cujas entrelinhas de sua marcante expressão cultural ainda escondiam sentimentos reprimidos, fazendo desse conto de amor um retrato intenso e apaixonante por merecer.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...