quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Relatos Selvagens | Filme argentino será exibido pela última vez no Cine Caixa Belas Artes


Depois de 162 semanas consecutivas em cartaz, Relatos Selvagens vai sair da programação do Cine Caixa Belas Artes. Escrito e dirigido por Damián Szifron, Relatos Selvagens estreou em 23 de outubro de 2014 nos cinemas e foi o filme de abertura da 38ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, além de exibido recentemente na Tela Quente de Rede Globo.

Representante argentino na categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar de 2015, Relatos Selvagens foi assistido por 41.156 pessoas ao longo das 162 semanas em cartaz no Cine Caixa Belas Artes. E, para fechar seu ciclo nos cinemas com chave de ouro, o filme será exibido pela última vez em uma sessão especial no dia 2 de dezembro, às 16h20. Será a última chance do público em São Paulo conferir o longa no cinema.


O longa é um espetáculo visual que conta uma sombria e cômica história de tragédia, amor, decepção, passado e a violência que espreita a superfície do cotidiano. Encontrando-se vulneráveis às mudanças voláteis e imprevisíveis da realidade, os personagens de Relatos Selvagens são empurrados para o abismo e para o prazer inegável de perder o controle, atravessando a linha fina que divide a civilização da brutalidade. O filme é produzido por Hugo Sigman, Pedro Almodóvar e Agustín Almodóvar, com Matías Mosteirin e Esther García Rodriguez atuando como produtores executivos.

Relatos Selvagens é estrelado por Ricardo Darín (Tese Sobre um Homicídio, O Segredo dos seus Olhos), Oscar Martínez (Ninho Vazio), Leonardo Sbaraglia (Intacto), Darío Grandinetti (Fale com Ela), Rita Cortese (Viúvas), Erica Rivas (Tetro) e Julieta Zylberberg (Um Namorado para Minha Esposa). Gustavo Santaolalla (Amores Brutos, Diários de Motocicleta, Babel) é o compositor da trilha sonora.

Filmado em locações em Buenos Aires, Salta e Jujuy, Relatos Selvagens é uma coprodução da argentina Kramer & SigmanFilms, da produtora El Deseo (de Pedro Almodóvar e Agustín Almodóvar) e Warner Bros. Pictures Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário