domingo, 28 de fevereiro de 2016

Palpites, incógnitas e certezas da 88º edição do Oscar


Parece que foi uma longa espera até o domingo do 88º The Academy Awards. Da manhã do dia 14 de janeiro, quando foram anunciados os indicados desta edição, fazendo com que O Regresso e Mad Max: Estrada da Fúria tenham recebido respectivas 12 e 10 indicações, Hollywood (e o mundo) explodiu em polêmicas acerca da onipresença de atrizes e atores brancos indicados aos prêmios das suas categorias, fazendo a Academia tomar providências quanto a inclusão de novos membros, tentando contornar o #OscarSoWhite.

Se as premiações de sindicatos e outras associações trilham um caminho fácil para os vencedores do Oscar, dessa vez, parece não haver um consenso comum para as principais categorias. Uma incógnita desgastante que só será revelada para nós na madrugada de segunda-feira.

Quem ganha? Quem deveria levar? Confira os favoritos ao Oscar 2016!

Analisando os vencedores de premiações que ocorreram entre janeiro e fevereiro, entrego-lhes uma relação de quem pode ganhar, assim como quem eu gostaria de ver com estatueta nas mãos. A lista completa de indicados se encontra aqui.

* NOTA DA EDIÇÃO: decidimos colocar os prováveis ganhadores numa possível ordem de premiação, de acordo com as cerimônias anteriores *


MELHOR ATOR COADJUVANTE
→  Quem pode ganhar: Sylvester Stallone (Creed: Nascido Para Lutar)

Apesar de não ser um ator que faça filmes "inteligentes", como dizem por aí, o Sly parece ser uma figura querida em Hollywood e seu desempenho surpreendente em Creed fez com que seu icônico personagem tivesse forças para golpear emocionalmente os espectadores. Christian Bale? Continua o mesmo de sempre há uns pares de anos, infelizmente.

MELHOR FIGURINO
→  Quem pode ganhar: Jenny Beavan (Mad Max: Estrada da Fúria)

Está na hora de os votantes da Academia perceberem que o prêmio de Figurino não significa premiar os melhores bolos de confeitaria, cheios de adornos e cores pomposas. As indicações duplas para Sandy Powell (CarolCinderela), vencedora do Oscar por 3 vezes (1999, 2005, 2010) podem reforçar a qualidade da figurinista, mas que tal ousar um pouco mais? Figurinos, acima de tudo, nos contam mais sobre as personagens enquanto imagem e voz tratam de desenrolar as narrativas. 

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO
→ Quem pode ganhar: Mad Max: Estrada da Fúria

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
 Quem ganha: Filho de Saul

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO - CURTA
 Quem pode ganhar: Os Heróis de Sanjay

Será que a influência da Disney•Pixar e sua distribuição de longo alcance conseguem premiar o curta que precede as exibições de O Bom Dinossauro? Há quem diga que os traços peculiares de World of Tomorrow podem fazer a diferença no final, assim como sua nota no Rotten Tomatoes.

MELHOR CURTA EM LIVE ACTION
 Quem pode ganhar: Shok

MELHOR DOCUMENTÁRIO - CURTA
→ Quem pode ganhar: Body Team 12

MELHOR DOCUMENTÁRIO - LONGA
 Quem pode ganhar: Amy

Recontando a (curta) jornada musical de Amy Winehouse com uma técnica inferior a de vencedores da categoria em edições passadas, Asif Kapadia (Senna) faz questão de inserir cada verso das conturbadas canções da artista britânica, revelando uma garota que sempre precisou atenção de suas pessoas queridas, ao contrário das aparências. Todavia, traz um sensacionalismo semelhante ao daqueles veículos que por vezes denegriram e debocharam da ruína de uma cantora talentosa. Por uma causa mais nobre e até social, quem sabe o prêmio deveria ir para a produção original da Netflix, What Happened, Miss Simone?.

MELHOR MIXAGEM DE SOM
→ Quem pode ganhar: Mad Max: Estrada da Fúria

MELHOR EDIÇÃO DE SOM
 Quem pode ganhar: Mad Max: Estrada da Fúria

É possível que Star Wars: O Despertar da Força tenha uma chance na categoria, considerando o trabalho minucioso feito para dar ainda mais personalidade ao BB-8.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
 Quem pode ganhar: Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)

A atriz sueca, que apareceu em vários filmes do início ao fim de 2015, está prestes a oficializar de vez o seu talento expoente. Não seria de todo o mal se Kate Winslet ganhasse por sua fascinante (e paciente) personagem em Steve Jobs.

MELHORES EFEITOS VISUAIS
 Quem pode ganhar: Star Wars: O Despertar da Força

A construção e funcionamento prático do BB-8 é um dos grandes chamarizes do sétimo episódio da saga, sem esquecer de mencionar os esforços da ILM na captação de movimento facial, pegando o melhor das expressões de Lupita Nyong'o e Andy Serkis. Não seria nada mal se vermos Mad Max saindo campeão na categoria também.

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO - LONGA
 Quem ganha: Divertida Mente

Foi uma boa surpresa ver que um filme conterrâneo está entre os indicados, mas parece que O Menino e O Mundo é de uma leva de ficou na temática velha, mas ainda presente, de Central do Brasil. O Oscar é de Divertida Mente desde junho.

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
→ Quem pode ganhar: Mad Max: Estrada da Fúria

MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA
 Quem ganha: Emmanuel Lubezki (O Regresso)

Um terceiro prêmio consecutivo pode parecer um exagero, mas Lubezki oferta uma aula impressionante de fotografia com seu segundo trabalho com Iñárritu.

MELHOR EDIÇÃO
→ Quem ganha: Margaret Sixel (Mad Max: Estrada da Fúria)

A esposa de George Miller lidou com mais de 480 horas de material e é bem provável que tenha sido um longo e exaustivo trabalho até atingir o corte final com seus 2700 planos individuais, porém muito mais dinâmico e empolgante do que a hipercarga de informações de A Grande Aposta.

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
→ Quem ganha: Ennio Morricone (Os Oito Odiados) 

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
- Quem ganha: 'Til It Happens To You

A causa, mais do que urgente e importante, retratada na letra da compositora Diane Warren e cantada por Lady Gaga ganhou força desde a sua indicação. Como sempre, existe uma possibilidade de mais um tema sinfônico e charmoso de 007 acabar levando a estatueta.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
 Quem ganha: A Grande Aposta

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

MELHOR ATOR
 Quem ganha: Leonardo DiCaprio - O Regresso

MELHOR ATRIZ
 Quem ganha: Brie Larson - O Quarto de Jack

MELHOR DIRETOR
 Quem pode ganhar: George Miller (Mad Max: Estrada da Fúria)

Enquanto a Guilda dos Diretores decidiu premiar Alejandro G. Iñárritu pela segunda vez, confirmando seu favoritismo no Oscar por Birdman no ano passado, mas ao ver O Regressoparece que boa parte do trabalho de mise-en-scène  é fruto de seu experiente diretor de fotografia, ciente de todas as referências que Iñárritu pensou para seu novo filme. 
Aí que reside a esperança de que o diretor australiano, que já ganhou um Oscar por Happy Feet, venha a ser reconhecido pelo seu cuidadoso trabalho elaborado em mais de uma década de produção, um diretor veterano que não se permite ficar pra trás, do tipo visionário e humilde que gostamos de nos inspirar.

MELHOR FILME
→ Quem pode ganhar: O Regresso

A cada semana, uma premiação nomeou ou Spotlight ou O Regresso ou A Grande Aposta como seu Melhor Filme. Enquanto o favoritismo do Producers Guild of America pende para o filme que contou com irreverência a crise do mercado imobiliário de 2008 com seu elenco pra lá de conhecido, a impressão que fica é que o filme de Adam McKay mais parece uma continuação de O Lobo de Wall Street do que algo genuinamente original, o mesmo se aplicando para Spotlight e suas semelhanças com Todos Os Homens do Presidente, de 1976.

Por mais que o filme de Iñárritu seja carregado de pretensões, é provável que o production value fale mais alto dessa vez. De qualquer forma, fica a torcida para que em 2017 os filmes sejam menos caça-prêmios (um pedido impossível?) e mais a favor do bom e velho storytelling recorrendo ao melhor da arte e da técnica.

Façam suas apostas, pipocas e divirtam-se bom Oscar!

* Faremos a cobertura da cerimônia no Twitter (@plano_extra) e no Facebook. Fiquem ligados(as)! *

Nenhum comentário:

Postar um comentário