sábado, 18 de julho de 2015

Listão dos Trailers – Julho/2015


Estamos no meio do ano e, com todo esse tempo e lançamentos, é possível listar nossos filmes favoritos (e decepcionantes) de uma temporada muito marcada pelo resgate de franquias antigas e continuações de outras recentes, com o considerável fator de sucesso de público.

É a partir do Festival de Cannes, então, que os prometidos grandes filmes do ano começam a se manifestar e trailers vão surgindo, pouco a pouco. Veja nossa seleção!

Lembramos que nem todos os trailers estão legendados, mas atualizaremos a página a cada novidade. Os trailers de Sufragettes e Nocaute (Southpaw), filmes que consideramos relevantes para a próxima temporada, foram publicados anteriormente.

Eram algumas vezes, no Século XX...



Na Terra da Rainha, Tom Hardy já foi protagonista em diversos títulos cult, como Bronson e Locke. Desta vez, o ator de Mad Max: Estrada da Fúria retorna em dose dupla neste filme de gângster inglês que tem muito a cara dos filmes do Guy Ritchie. Parece um pouco excessivo, mas quem sabe agrade os fãs do estilo...




Cate Blanchett e Rooney Mara são, indiscutivelmente, excelentes atrizes e é bem provável que as duas farão um belo trabalho em Carol, drama situado na Nova York da década de 1950 contando a história de uma jovem vendedora que anseia melhorar de vida, mas se apaixona por uma mulher mais velha e casada. A direção é de Todd Haynes, da minissérie Mildred Pierce e que já dirigiu Blanchett em Não Estou Lá.





Se tem alguém que pegou gosto em fazer dramas de "época", e com uma baita mão pesada, esse alguém é Steven Spielberg. O longa conta a história de James Donovan (Tom Hanks), um advogado do Brooklyn que, a pedido da CIA durante a Guerra Fria, é enviado para negociar o resgate de um piloto americano. Os roteiristas Matt Charman e os irmãos Ethan e Joel Coen, transformaram essa experiência de Donovan em uma história inspirada em eventos reais, que captura a essência de um homem que arriscou tudo nessa jornada.



Que seja superior ao "docudrama" Lincoln, por favor...


A hora dos grandes


Convenhamos, o cinema do diretor Joe Wright é bastante caprichado, sobretudo na parte de design de produção. Anna Karenina que o diga. Convidando o público a voltar, mais uma vez, para a Terra do Nunca, desta vez conhecemos a história de Peter Pan antes da linha do tempo do clássico desenho da Disney. Se vai ser divertido, não se sabe, mas promete ser muito emocionante.





Há tempos que Ridley Scott nos deve um grande filme de ficção científica e parece que Perdido em Marte é a chance do diretor em se redimir com os fãs do gênero. Pelo elenco, parece até uma história derivada de Interestelar, mas a adaptação do livro de Andy Weir tem ares de um thriller de sobrevivência. Que Scott não caia no didatismo no qual vem se acometendo!



David O. Russel é um dos diretores mais fanfarrões dos últimos tempos mas, por outro lado, assina seus roteiros e vem conseguindo trabalhar com grandes atores e até mesmo ajudou a consagrar Jennifer Lawrence com o Oscar de Melhor Atriz em 2013. E agora, além da atriz, Russel retoma as parcerias com Bradley Cooper e Robert DeNiro para descontruir gêneros ao contar a história de uma família matriarcal que faz tudo para se manter o poder no comércio, até mesmo fazer alianças com adversários. 




O diretor canadense Denis Villeneuve tem chamado a atenção dos cinéfilos desde que Os Suspeitos repercutiu em 2013. Depois de O Homem Duplicado, também apreciado por bastante gente, com Sicario (a palavra para ‘assassino de aluguel’ no México) Villeneuve se infiltra na crescente fronteira sem lei entre os Estados Unidos e o México, onde uma agente do FBI, Kate Macy (Emily Blunt), é exposta ao mundo brutal do tráfico internacional de drogas por membros de uma força-tarefa do governo (Josh Brolin, Benicio Del Toro) que a escalam em seu plano para derrotar o chefe de um cartel mexicano. Um ótimo fator adicional: além do bom elenco, tem Roger Deakins na direção de fotografia também.





Uma história real de sobrevivência e vingança. É o que Alejandro G. Iñiárritu (Birdman) pretende contar em O Regresso (The Revenant) em meio a locações congelantes e muita brutalidade. Leonardo DiCaprio vive o lendário explorador Hugh Glass que, ao desbravar as terras americanas, é atacado brutalmente por um urso e deixado para morrer pelos companheiros de expedição, liderados por John Fitzgerald (Tom Hardy). Adaptando o livro de Michael Punke, Iñiárritu promete uma história brutal, mas também uma busca pelo poder do espírito humano.


Analisando brevemente este teaser, DiCaprio não mede esforços para entregar uma atuação muito dedicada, assim como Tom Hardy traz de novo seu traço bestial no pouco que apareceu no trailer e torço para que os atores não sejam esquecidos nas vindouras premiações. Será que Emmanuel Lubezki se consagra tricampeão na direção de fotografia? 


O que está faltando aqui: 


The Hateful Eight, novo longa de Quentin Tarantino filmado em película de 70mm, promete um western como as gerações mais recentes dificilmente assistiram: numa tela com definição estupenda e agora com o clássico humor violento do diretor. Fica a torcida para que a The Weinstein Company libere logo o trailer exibido na Comic-Con e que a distribuidora que vai pegar o filme para lançar no Brasil não traga apenas as cópias de 35mm.


Visite nossos especiais anteriores:
- Um calendário cheio de animações até 2016
- De Cidades de Papel a Macbeth – o que 2015 pode nos prometer em filmes
- Muitas emoções em um BOMBARDEIO de trailers!
- Os trailers de 007 Contra Spectre, Southpaw e mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário